Reflexões Tatiana Duarte

O Poder que está a nossa disposição

Quando estamos passando por grandes dificuldades quem é a primeira pessoa que buscamos? Ou quando pensamos que não existe mais solução para aquele problema que não nos deixa dormir a quem recorremos, pedimos conselhos ou ajuda? Não sei a quem você anda pedindo ajuda, mas hoje eu te digo que a sua melhor opção é buscar a Deus através da arma mais poderosa que Ele nos deu: A oração.

O poder da oração está além da nossa compreensão. Poderia passar horas aqui citando grandes exemplos de pessoas que experimentaram esse poder através de suas súplicas de coração contrito.

Deus nos diz em sua Palavra:

Portanto, eu digo: Tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim sucederá.
Marcos 11:24

E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão”.
Mateus 21:22

“Peçam, e será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta será aberta”.
Mateus 7:7

Orem no Espírito em todas as ocasiões, com toda oração e súplica; tendo isso em mente, estejam atentos e perseverem na oração por todos os santos.
Efésios 6:18

Além desses, existe uma infinidade de outros versículos que nos falam sobre o poder que uma oração tem. O próprio Jesus ficava horas e horas orando a Deus pedindo revelação e força pra seguir em seu ministério e completar a obra que Deus designou para ele.

O que falar de Ana, mãe do profeta Samuel, que era estéril e suplicou a Deus em oração que lhe concedesse um filho.

Davi que orou e clamou a Deus em vários momentos da sua vida, dos mais felizes aos mais difíceis, escrevendo-os em salmos lindíssimos.

Moisés que subia ao monte para buscar mais intimidade com Deus e ficava ali por dias e dias orando, pôde testemunhar a glória de Deus, foi um grande intercessor de seu povo e o homem que foi usado por Deus pra trazer libertação ao povo de Israel.

Nossa são tantos: Daniel, Isaías, Ester, Neemias, Paulo, João, Jeremias… exemplos incontáveis de pessoas que tiveram seus clamores ouvidos por Deus através de suas orações.

A oração é um dom, algo que Deus nos deu para que pudêssemos nos comunicar com Ele, ter intimidade e comunhão. Através da oração temos liberdade de compartilhar nossas alegrias e tristezas, Deus quer você em todos os momentos.

Você pode perguntar: “ah, mas a Bíblia diz que Deus sabe os desejos do meu coração”. Sim, e é verdade, mas Ele deseja que nós nos acheguemos a Ele com o coração contrito e quebrantando e diga aquilo que mais desejamos. A nossa oração move o coração de Deus no sobrenatural.

Blog evangélico

Nesse post eu queria falar especificamente sobre Josafá.

Josafá foi um rei de Judá que utilizou essa arma poderosa para sair vitorioso contra os moabitas, amonitas e alguns meunitas que estavam preparados para entrar em guerra contra a nação de Judá. Ele sabia que a única forma de vencer essa guerra era com a ajuda de Deus, era uma batalha que ele não poderia vencer com a força de seus braços, mas com os joelhos de toda uma nação no chão. Josafá orou.

O poder da oração

E quantos problemas sem solução como esse nós não passamos? Será que a solução é encher a cabeça dos nossos líderes ou correr de um lado para outro e sentir como se andássemos, mas não saíssemos do lugar? Querido, precisamos entender que existem coisas que não depende da nossa força ou do nosso intelecto para ser resolvido. Depende da força do Deus que servimos e alcançamos essa força por meio de nossa oração, louvor e jejum.

Josafá jejuou: jejuar é um ato de sacrifício que fazemos a Deus, é uma forma de estarmos mais próximos a Deus, pois durante esse período nós matamos nossos desejos carnais e nos fortalecemos em espírito. Precisamos estar dispostos abrir mão de algo, que verdadeiramente nos faz falta, algo que dedicamos muito tempo e acabamos deixando o Senhor de lado. Deus nos ensina a jejuar no livro de Isaías 58 a partir do versículo 3.

Após esse período de jejum e oração, Deus ouviu as oração de Josafá e enviou resposta.

 

Veja também:

 

“Escutem, todos os que vivem em Judá e em Jerusalém e o rei Josafá! Assim lhes diz o Senhor: ‘Não tenham medo nem fiquem desanimados por causa desse exército enorme. Pois a batalha não é de vocês, mas de Deus. Amanhã, desçam contra eles. Eles virão pela subida de Ziz, e vocês os encontrarão no fim do vale, em frente do deserto de Jeruel. Vocês não precisarão lutar nessa batalha. Tomem suas posições; permaneçam firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes dará, ó Judá, ó Jerusalém. Não tenham medo nem se desanimem. Saiam para enfrentá-los amanhã, e o Senhor estará com vocês’ “. 2 Crônicas 20:15-17

O povo louvou a Deus mesmo antes de receberem a vitória. (2 Crônicas 20:21-22)

O poder da oração

O louvor é uma forma de adoração a Deus, é uma arma poderosa. Quando louvamos nosso espírito se conecta ao Espírito de Deus, Sua Glória toma conta de nosso corpo poderosamente, cadeias são quebradas, pessoas são libertas. Devemos adora-lo em Espírito e em Verdade e dessa forma poderemos ver grandes coisas acontecendo.

Josafá nomeou alguns homens para cantarem e louvarem a Deus pela beleza da sua santidade e irem à frente do exército cantando e glorificando a Deus.

Isso nos ensina que devemos confiar no nosso Deus. Por muitas vezes vemos pessoas passarem por problemas em suas vida e não glorificarem ao nome do Senhor por acharem que não merecem aquilo. Deus não precisa nos provar nada, nós que precisamos ser obreiros aprovados por Ele todos os dias. Jó sofreu coisas que talvez nenhum de nós passemos um dia, mas nem por isso ele blasfemou ou deixou de louvar e glorificar.

Não precisamos receber uma benção para depois agradecermos a Deus, devemos agradecer todos os dias por nossas vidas, esteja como estiver, porque só Deus é capaz de trazer conforto aos cansados e preencher o vazio em nosso coração.

Depois de orarem, jejuarem e louvarem a Deus o povo saiu pra batalha e quando Deus esta na frente não é difícil descobrir o que aconteceu. Sim, o povo saiu vitorioso!

Quando colocamos Deus a frente de nossas batalhas, orando, jejuando e louvando independente das circunstâncias, temos vitória certa. Deus não desampara um filho que clama por Ele. Devemos permitir o agir de Deus em nossas vidas, não somos super heróis nem heroínas. Estamos vivos pela graça imerecida, pelo sacrifício de Jesus na cruz. Josafá e todo o povo de Judá intercederam a Deus pela vitória e Deus os livrou com forte mão dos seus inimigos.

Eu faço um desafio a você e a mim também, coloque Deus em primeiro lugar em todas as decisões que você tomar a partir de agora. Sejam grandes decisões ou pequenas. Deixe Deus agir na sua vida e mostre que você é dependente da vontade do Pai, que você é submisso. Deus tem grandes sonhos pra nós, mas precisamos estar disposto a ouvi-lo.

Deus abençoe.

Tatiana Duarte

Sobre o autor | Website

Serva de Deus, servindo na Casa do Senhor como diaconisa e intercessora. Esposa apaixonada

GARANTA GRÁTIS O SEU E-BOOK 1000 PERGUNTAS BÍBLICAS
Receba também os melhores artigos, estudos bíblicos, curiosidades bíblicas, reflexões e muito mais no seu e-mail!

100% livre de Spam