Reflexões Tatiana Duarte

Está na hora de comer comida sólida

Está na hora de comer comida sólida

Tudo tem um início, um meio e um fim e conosco não é diferente. Quando nascemos recebemos todo aquele cuidado de todos a nossa volta, temos leite a hora que queremos, basta apenas dar uma choradinha. Temos tudo o que precisamos, pois nossos pais estão lá cuidando, alimentando e protegendo. Depois que crescemos mais um pouco começamos a comer aquela papinha passada no liquidificador, uma comida mais pastosa até passarmos pra comida sólida. O fato é que uma hora ou outra teremos que deixar o leite e a proteção de nossos pais de lado e começar a andar com as nossas próprias pernas.

Vejo muitas crianças, mesmo com 3-4 anos de idade chorando pelo peito de suas mães, imagino como deva ser difícil, ali a criança se sente protegida, em seus primeiros meses de vida foi seu único alimento, sua única fonte de força e nutrição. Acontece de após alguns tempo o leite materno já não é suficiente para nutrir e dar energia pra criança, ela precisa começar a comer comida sólida, uma “papinha mais forte”.

Assim acontece conosco, cristãos. Logo que nos convertemos temos todo um aparato de pessoas nos ensinando o caminho a seguir, nos dando palavras, nos ajudando a ler a Bíblia, literalmente nos alimentando, afinal ainda não sabemos como nos alimentar sozinhos. Porém, chega uma hora que precisamos nós mesmos buscar o nosso alimento, buscar revelações de Deus, precisamos amadurecer e para muitas pessoas essa é a parte mais difícil.

O amadurecimento vem com a intimidade com Deus, com a busca por aprender mais de seus ensinamentos e renúncia pelas coisas do mundo. O amadurecimento é doloroso, durante o processo apanhamos, somos quebrados, somos lançados no fogo, porque Deus quer nos forjar como vasos de honra, sem brechas, sem rachaduras, vasos perfeitos para Sua Honra e Glória.

A triste realidade é que nem todo mundo quer passar por esse processo, nem todo mundo quer ser forjado. Muitas pessoas preferem esperar a revelação daquele “irmão do fogo” mal sabendo que elas podem ser também um “irmão do fogo”, mas não querem pagar o preço de oração, de estudo da palavra, de dedicação de tempo ao Senhor.

 

Precisamos Crescer!

“Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino”.
1 Coríntios 13:11

Essa passagem nos fala muito sobre tempo, que há um tempo para todas as coisas e acredito que há o tempo de crescimento e amadurecimento. Paulo dizia que quando era um menino falava como menino, mas agora era homem e acabou com as coisas de menino. “Meninos” choram, reclamam, brigam, se magoam por qualquer coisa e todos passamos por isso, mas quando crescemos todas essas coisas ficam para trás, nada mais nos tira o foco porque sabemos quem somos e para onde iremos, aprendemos com as batalhas e somos preparados para a guerra que é viver em um mundo que jaz no maligno. Nos tornamos soldados de Cristo e precisamos ser fortes e estarmos preparados, pois o soldado mal preparado perece durante a guerra.

Está na hora de pararmos de ser crentes mimimi, vemos pessoas que estão há anos na igreja mas que continua com os mesmos problemas de caráter de quando chegou simplesmente porque se acostumou a viver uma vida se alimentando de leitinho, nunca teve interesse de buscar verdadeiramente ser transformado por Deus ou até tentou mas na primeira batalha se deixou abater e regrediu, não confiou no Deus que pode todas as coisas. Não dar mais para brincar de ser crente, pois o diabo não brinca de ser diabo, e ele está a nossa volta só esperando uma oportunidade para tragar a nossa vida. Não podemos dar essa oportunidade a ele!

Com o crescimento vem revelação

“E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo”.
1 Coríntios 3:1

Deus não vai falar com pessoas que não são espirituais, que não alimentam o espírito, mas que só alimentam a carne suprindo todos os desejos carnais e pecaminosos. Devemos matar nossa carne todos dias e vivificar nosso espírito. Deus é espírito e Ele fala em espírito.

Nessa passagem vemos que Paulo até quis compartilhar revelações recebidas por ele mas não pode, pois as pessoas eram carnais e não iriam discernir o que estava sendo revelado.

Quando crescemos em Cristo alcançamos um novo nível de maturidade, somos agraciados com o discernimento do Espírito e conseguimos vencer nossa carne.

Quantas pessoas vemos falar que gostariam de ouvir a voz de Deus, de ver anjos, ter revelação, ter dons espirituais mas que não fazem nada para buscar tais coisas? Como filhos mimados só querem as bençãos, mas não querem fazer por merecer. Deus não entregou a Revelação de Apocalipse a João a toa, ele deitava-se no ombro de Jesus e ali ouvia os ensinamentos do Mestre, isso se chama intimidade e quanto mais andamos com uma pessoa mais parecida com ela nos tornamos. Quando temos intimidade com Deus e buscamos a sua face nós amadurecemos e crescemos espiritualmente e Deus vê e começa a falar com seus filhos e dar revelações vindo diretamente do seu trono. Você acha que essas pessoas se alimentam de que?

Veja também:

“Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal”.
Hebreus 5:13,14

Está na hora de pararmos de sermos crianças, agirmos como crianças birrentas e mimadas que querem e que querem, que pedem e que pedem. Deus não é balcão de fast food onde você chega e pede o que você quiser e recebe, não, Deus não é! Então para de tratar Deus como se Ele tivesse obrigação de realizar todas as tuas vontades e quando não realiza você fica magoadinho e se afasta Dele. Precisamos colocar nas nossas cabeças que Deus não precisa de nós, NÓS QUE PRECISAMOS DE DEUS. Sem Deus em nossas vidas aquele vazio e aquela forma de viver sem sentindo algum voltam, eu não quero isso e você quer?

Então se posiciona meu irmão! Se posiciona na tua igreja, no teu trabalho e principalmente na tua casa. Mulheres sejam intercessoras e coluna de seus lares, sejam auxiliadoras de seus maridos. Homens se posicionem como cabeças na suas casas, como um homem de Deus, sejam exemplo para seus filhos, ensinem o caminho que eles devem andar e jamais, nem mesmo na velhice, eles se desviarão dele, amem suas esposas e as respeitem. Filhos sejam obedientes a voz de seus pais, que seus dias na terra serão longos, ouçam a voz de Deus, se dediquem a obra do Senhor, grandes coisas Deus quer fazer nessa geração. Sejam aqueles que como Isaías disseram “Eis-me aqui, envia-me” ou como Samuel que desde a infância teve sua vida dedicada ao Senhor e o buscava com o coração alegre.

Tá na hora de comer comida sólida e provarmos dos manjares que Deus nos dar e que está a nossa disposição, basta que a gente comece a buscar. Deus abençoe!

Desembainhar a Espada

Tatiana Duarte

Sobre o autor | Website

Serva de Deus, servindo na Casa do Senhor como diaconisa e intercessora. Esposa apaixonada

GARANTA GRÁTIS O SEU E-BOOK 1000 PERGUNTAS BÍBLICAS
Receba também os melhores artigos, estudos bíblicos, curiosidades bíblicas, reflexões e muito mais no seu e-mail!

100% livre de Spam

Desculpe, os comentários deste artigo estão encerrados.

2 Comentários

  1. Patrícia Antonelli Motta disse:

    A paz do Senhor Nael e Tati…estou amando o blog de vcs. Aprendendo mto a cada pregação. Que Deus continue os abençoando e usando suas vidas para alcança mais e mais pessoas para Ele. Abraços.

    • Natannael & Tatiana disse:

      A paz Paty, nós amamos sua vida e ficamos muito felizes com cada comentário seu. Que Deus abençoe! Abraço