Reflexões Natannael Mesquita

É preciso clamar!

Blog Evangélico

Texto Base:

“E depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando. E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim. E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! tem misericórdia de mim. E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama. E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus. E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista. E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho”. Marcos 10:46-52

 

Introdução:

Nós todos temos buscado algo da parte de Deus, algo que oramos, pedimos, clamamos, suplicamos, nos humilhamos. Pode ser uma cura, pode ser um emprego melhor, pode ser a salvação de um ente querido, pode ser a compra de sua casa, pode ser a reconciliação de seus pais, pode ser um perdão, pode ser um dom específico, entre outros.

O que você tem pedido a Deus? Eu não sei o seu pedido, a sua oração, mas sei que todos temos pedido ou buscado algo. Em algumas situações o que temos pedido é algo para deixar nossa vida melhor, algo para nos deixar mais cômodos, mas há casos onde a busca pelo que se pede é caso de vida ou morte. Deus conhece seu coração, o que você tem buscado? Qual tem sido a sua oração?

É muito difícil ter forças e lutar perante Deus quando as situações são adversas, quando tudo é contra, quando o médico já não dar mais esperança, quando o aluguel está atrasado e você não tem como pagar, quando seu casamento está indo por água abaixo, quando você está prestes a perder o emprego. É difícil, eu não sei onde o seu sapato aperta, mas hoje Deus te trouxe aqui para te dar uma solução. E a solução é: se está fácil, clama, se está difícil clama mais ainda.

É preciso clamar!

 

Clamar significa:

Dizer em voz alta. Gritar. Bradar. Exclamar.

 

Vão querer te calar

Blog Evangélico

O inimigo não quer que você seja feliz, não quer que você alcance aquilo que busca, quando você se levanta e decidi clamar, o inimigo vai te atacar, a multidão vai tentar te fazer desistir, vai querer te silenciar.

Deixa eu te contar um exemplo disso: Eu e minha esposa, há uns quatro anos atrás, decidimos toda semana organizar uma célula lá na casa dos pais dela (que ainda não se converteram), eu lembro que a gente tinha acabado de chegar da igreja, era um domingo, e saímos pra comer alguma coisa, na mesa, a gente decidiu que iria começar na segunda feira. No dia seguinte entraram no apartamento onde a gente morava e roubaram notebook, câmera, dinheiro, roupas, joias, DVD, um monte de coisa.

O diabo tentou nos desanimar, o diabo tentou nos amedrontar, mais não serviu não, a gente começou ali aquela célula e desde então Deus começou fazer algo naquela família. Ei, pode ser que o inimigo esteja tentando te amedrontar, porque você decidiu se firmar na igreja, porque você decidiu se reconciliar, porque você decidiu servir em um ministério, porque você decidiu abrir a boca e evangelizar, avisa ele que o teu Deus é maior, avisa a ele que ele é um perdedor, avisa a ELE QUE VOCÊ VAI CLAMAR MAIS ALTO. Quando o diabo te atacar, saiba que você está no caminho certo. Não desista você também. CLAMA.

 

O teu clamor quebra cadeias

Blog Evangélico

“E, apresentando-os aos magistrados, disseram: Estes homens, sendo judeus, perturbaram a nossa cidade, e nos expõem costumes que não nos é lícito receber nem praticar, visto que somos romanos. E a multidão se levantou unida contra eles, e os magistrados, rasgando-lhes as vestes, mandaram açoitá-los com varas. E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança. O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco. E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam. E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos”. Atos 16:20-26

 

Eles haviam sido açoitados com varas, estavam presos, mas em meio as adversidades não devemos murmurar, duvidar do nosso chamado, não, é o momento que temos para clamar, é a oportunidade de abrir a boca e clamar.

Será que temos feito o mesmo? Será que nos momentos onde as lutas nos aprisionam, nos açoitam, qual tem sido nossa reação? Temos sido adoradores? Ou só somos quando está tudo bem?

 

Veja também:

 

O nosso clamor faz portas serem abertas, faz aprisionados serem libertos, faz cadeias caírem, com o nosso clamor o que nos oprimia vai cair, o nosso clamor nos faz livres.

O povo de Israel no Egito vivia oprimido, escravo, mais Deus ouviu seus clamores e os libertou. Em Êxodo 2:23 diz: “Muito tempo depois, morreu o rei do Egito. Os israelitas gemiam e clamavam debaixo da escravidão; e o seu clamor subiu até Deus”. Talvez o que falta pra que as cadeias de sua vida caíam é uma reação diferente da que você está tendo. Ao invés de murmurar, de duvidar, CLAMA!

 

Derrama o teu melhor

Desembainhar a Espada

“E, estando Jesus em Betânia, em casa de Simão, o leproso, Aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro, com unguento de grande valor, e derramou-lho sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa. E os seus discípulos, vendo isto, indignaram-se, dizendo: Por que é este desperdício? Pois este unguento podia vender-se por grande preço, e dar-se o dinheiro aos pobres. Jesus, porém, conhecendo isto, disse-lhes: Por que afligis esta mulher? Pois praticou uma boa ação para comigo. Porquanto sempre tendes convosco os pobres, mas a mim não me haveis de ter sempre. Ora, derramando ela este unguento sobre o meu corpo, fê-lo preparando-me para o meu sepultamento. Em verdade vos digo que, onde quer que este evangelho for pregado em todo o mundo, também será referido o que ela fez, para memória sua”. Mateus 26:6-13

 

Quando éramos do mundo, éramos extravagantes, gritávamos, pulávamos, nos emocionávamos, depois que aceitamos a Jesus, vamos a igreja e quase não abríamos a nossa boca, ficamos estáticos, parados, precisamos aprender uma lição com essa mulher, precisamos aprender a sermos extravagante na presença do Senhor.

Pare o que você está fazendo agora, e começa a abrir a tua boca, adora aquele que te deu vida, aquele que te tirou de um mundo podre, aquele que te fez livre, talvez você não recebeu aquilo que está pedindo, porque você ainda não foi extravagante diante de Deus. Entrega o teu melhor, derrama o teu vaso, teu melhor perfume, teu melhor tempo, derrama aquilo que te custa.

Deus não te deu espírito de timidez, mais Ele te deu ousadia, intrepidez, CLAMA, ADORA!

 

Conclusão

Pode ser hoje o dia de você sair daqui com aquilo que você tem pedido a anos, aquilo que está te afligindo, te causando dor, mas pra isso você deve fazer como aquele cego Bartimeu, não se deixa calar pela a multidão ou quando o inimigo quer te fazer calar, quando isso acontecer: clama.

O teu clamor vai libertar aquilo que está te aprisionando como fez com Paulo e Silas, é tempo de se libertar de prisões, de cadeias; seja extravagante como aquela mulher que ungiu os pés de Jesus, entregue o seu melhor na adoração.

Se ganha batalhas é clamando! Jesus, te chama, o que queres que eu te faça? Ele tem escutado tuas orações, tem visto tuas lágrimas. Continuar Clamando!

Deus Abençoe!

 

Curso Livre Bacharel em Teologia – Sem mensalidades e 100% online (vagas abertas – clique)

Desembainhar a Espada

Natannael Mesquita

Sobre o autor | Website

Cristão apaixonado por Jesus e por Sua Palavra / Servo de Deus, diácono, intercessor / Formado em Publicidade e Propaganda/ Casado com uma princesa

GARANTA GRÁTIS O SEU E-BOOK 1000 PERGUNTAS BÍBLICAS
Receba também os melhores artigos, estudos bíblicos, curiosidades bíblicas, reflexões e muito mais no seu e-mail!

100% livre de Spam